quinta-feira, 25 de março de 2010

De se jogar

O tempo corre demais pra ela ficar escondida. Ela quer é cantar pra todo mundo ouvir. Quer andar encima do meio fio na rua, só pra tirar graça de si mesma. Quer escutar música no último volume. Quer dançar esquisito de olhos fechados. Ela quer é tomar banho de chuva quando volta pra casa. Quer ver todos os filmes de amor e gravar todos os poemas na memória. Ela quer é poder escrever poesia, um dia, pra pessoa amada por pura vontade de se dizer contente. Ela quer é andar naquela praia deserta em companhia do vento. Ela quer é dar bandeira, falar de quem gosta e se jogar no ar.

Lola.

5 comentários:

Mulheres de Atenas disse...

É o que todas nós queremos! Eu também quero tirar a maquiagem na chuva e não ter medo de amar!
Lily Braun

Mulheres de Atenas disse...

Faço as minhas palavras as de Lily. Sem a parte do tirando a maquiagem na chuva, porque eu com a cara borrada fico o ó

BelaCavalcanti disse...

ate pra isso, baby, a gente tem que ter cuca e o minimo de equilibrio - fica a dica.

Mulheres de Atenas disse...

Se joga, honey.
Acho até que desequilibradamente é melhor.

Lígia

Graci Polak disse...

E eu quero ser como ela, poder ser como ela!